“Caso da Fruta” Pinto da Costa absolvido

40

Pinto da Costa foi esta terça-feira absolvido da acusação de corrupção, em relação ao encontro entre FC Porto e Estrela da Amadora, da temporada 2003/04. Em comunicado, é informado que a secção profissional do Conselho de Disciplina da FPF decidiu absolver o presidente portista “da prática da infração disciplinar muito grave de corrupção (…) na forma de tentativa.”

Também Jacinto Paixão, à data árbitro de 1.ª categoria, assim como restantes juízes dessa partida, foram absolvidos da prática de “infração disciplinar muito grave de corrupção da equipa de arbitragem.”

Recorde-se que este ficou conhecido como o “caso da fruta”, um dos processos mais importantes do Apito Dourado. Com esta decisão, Pinto da Costa – que havia sido condenado na justiça desportiva – fica livre da acusação de corrupção. Acrescente-se que em março o Conselho de Justiça da FPF decidiu “conceder provimento aos recursos com fundamento em ilegalidade da utilização de transcrições de escutas telefónicas como meio de prova” e por isso revogou o acórdão de que recorreram todos os atingidos.

Este processo acabou por nem seguir para tribunal, já que foi arquivado na fase de instrução pois o juiz considerou que Carolina Salgado prestou falsos testemunhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.