A maior vergonha da historia do futebol

77

O Gana carimbou, esta quinta-feira, a presença na final da edição 2015 da Taça das Nações Africanas, ao vencer a anfitriã Guiné Equatorial por 3-0, numa meia-final que esteve suspensa cerca de 30 minutos.

Antes ainda disso, ao intervalo, o acesso da equipa ganesa ao balneário foi bloqueado, e a equipa de arbitragem teve de sair do relvado debaixo de medidas de segurança acentuadas.

Mais tarde, aos 82 minutos, várias dezenas de adeptos do Gana saltaram as bancadas e colocaram-se atrás da baliza de Felipe Ovono, guarda-redes da Guiné Equatorial, aparentemente para se refugiarem dos ataques com garrafas, por parte de adeptos anfitriões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here