Adepto adia a morte para ver sua equipa pela última vez

28

Laurenzo Schoonaert, adepto do Club Brugge, morreu esta segunda-feira a noite, depois de receber uma injeção letal que colocou um ponto final numa vida de sofrimento. Laurenzo, de 41 anos, sofria de uma doença terminal e foi operado em 37 ocasiões nos últimos 20 anos. Antes de morrer, pediu para ver a sua equipa pela última vez.

Ao início da tarde de domingo, o sonho de Laurenzo concretizou-se. Perante 20 mil espetadores que lotaram o Estádio Jan Breydel, casa do Club Brugge, Laurenzo subiu ao relvado acompanhado da filha de sete anos e recebeu uma tremenda ovação dos adeptos que exibiram uma tarja onde se lia ´YNWA, Lorre` (You´ll never walk alone, Lorre). Deu o simbólico pontapé-de-saída no encontro frente ao Mouscron, da 28.ª jornada da Liga belga, depois foi ver o jogo para um camarote onde vibrou e muito com os golos de Izquierdo (50), De Sutter (52) 3 Simons (87).

No final do encontro foi até ao balneário do Club Brugge, líder do campeonato belga que é orientado pelo ex-Benfica Michel Preud´homme, para cumprimentar os jogadores. Mais tarde, em declarações à imprensa belga, expressava a sua felicidade de ver o seu clube do coração pela última vez.

“Estou incrivelmente feliz. A minha filha irá recordar-se deste dia para sempre. Cumpri o o meu último sonho, agora posso morrer em paz. Vou celebrar no céu”, disse, na altura, Laurenzo Schoonaert, que aproveitou o facto de a eutanásia ser legal na Bélgica para colocar um ponto final numa vida cheia de sofrimento.

A morte de Laurenzo Schoonaert foi comunicado pela família na noite de segunda-feira, numa mensagem publicada no facebook. “Vamos olhar para o céu e ver uma estrela que brilha. Ele será sempre amado, valorizado e sentiremos a sua falta. Foi um bravo até ao último minuto”, escreveu a família, que terminou com uma nota deixada por Laurenzo antes de morrer. “Obrigado a todos os fãs dio Club Brugge pela inacreditável ovação de pé naquele jogo. ´You´ll never walk alone` (nunca caminharás sozinho)”. Por SAPO Desporto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here