Cristiano Ronaldo despedido

2591

«A administração do Novo Banco tem estado a pôr a casa em ordem, de forma a reduzir os gastos supérfluos. O banco, agora liderado por Eduardo Stock da Cunha, já reduziu em cerca de oito por cento os custos totais da instituição, que anualmente pesam no balanço um montante que ronda os 800 milhões de euros».

«Uma das medidas decididas foi a não renovação do contrato publicitário com Cristiano Ronaldo, que custava ao banco 750 mil euros anuais».

«Ronaldo foi a cara do BES durante dez anos. O último contrato foi assinado em 2013. Agora, a estrela do Real Madrid não faz publicidade a nenhuma instituição bancária em Portugal». Correio da Manhã 29/7/2015

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.